Segunda-feira, 30 de Julho de 2007
Visões políticas contrastantes

Visões políticas contrastantes

Que esta Câmara tem os seus defeitos, todos sabemos. Que pouco tem adiantado em aspectos positivos relativamente aos executivos anteriores, também não é novidade para ninguém... Ou não era,... porque segundo 2 análises políticas publicadas no "Notícias da Barca" de 21 de Julho vêm provar que são os barquenses com olhos "de ver", ou que supostamente teriam esses olhos, que se calhar estão errados. Pelo menos veio confundir grande parte deles. Será possível que se possa fazer, no perfeito juízo mental, análises totalmente distintas do executivo camarário actual? Parece que sim. Mas como? A resposta mais uma vez está nas corzinhas " que cegam grande parte dos barquenses...

Os protagonistas de todo este caso são os senhores Manuel C. Soares e Olinda Barbosa.

Comecemos por Olinda Barbosa. Esta "Mulher de Barba Rija" da oposição PSD, vem alertar para o facto de faltar pouco tempo para o mandato do PS na Câmara acabar e pouco se ver ainda feito. Nisso, esta senhora merece o apoio, pela primeira vez, deste blog. Interessante é o pormenor de se referir ao tempo que falta para acabar o mandato como "dois anos e algumas semanas". Estará este membro do PSD a contar os dias, como os presidiários para saírem da cadeia, que faltam para poder chegar ao poder?

O que está de errado é que tudo o que esta senhora chama a atenção para o facto de não ser executado. Algumas das chamadas de atenção estão até perto do campo do "cómico".

Chama a atenção para o facto de ainda não estar a ser construída a prometida ponte sobre o Rio Lima em Lavradas. Esta promessa, revela tanto ignorância da Câmara, como desta senhora. Uma ponte custa muitos milhões de euros ao Estado certo?! Será mesmo que se vai gastar tanto dinheiro para uma ponte que vai servir meia dúzia de pessoas, das freguesias próximas?! Abram os olhinhos e não entretenham os barquenses. Será que os políticos da terra querem a ponte com o pretexto usado por Almeida Santos?! Assim se houver um atentado terrorista que destrua a ponte medieval da vila e a ponte que dá acesso ao IC 28 e a Arcos de Valdevez, temos uma ponte em Lavradas!

 

A senhora Olinda também um pólo industrial em Lavradas, Vila Chã S. João e Touvedo Salvador. Primeiro, essa promessa já é antiga, e o PSD do poder também nada fez. Segundo: cabe em alguma cabeça com o mínimo sentido de geografia e da realidade económica de Ponte da Barca criar zonas industriais tão longe da vila, ou melhor, em zonas já à porta do Parque Nacional como é Touvedo Salvador e Vila Chã? As zonas industriais ainda hoje são discutidas, mas não há nada há vista. E os hipermercados como existem em todos os concelhos que fazem fronteira com Ponte da Barca? Desenvolvimento económico em Ponte da Barca foi e será sempre uma miragem por causa dos lobbies  barquenses de que toda a política do concelho não se desliga.

 

Conclusão: aponta defeitos à Câmara, mas quase todos tiros fora do alvo, e daqueles que deveria falar... não fala. Já agora, perante tantos defeitos que a Câmara tem, porque foi a senhora juntamente com a Câmara receber uma Unidade de Saúde Móvel ao Porto, das mãos do "Ministro que não sabia onde era Ponte da Barca", e não viu nenhum defeito nisso?!

 

Mas como não é só defeitos que esta senhora tem, ainda andou por perto de um assunto que merecia resolução em Ponte da Barca: estradas de acesso à vila. Reparem em todas as entradas: estradas mal sinalizadas, e com um estado de eleição para a candidatura ao próximo Rali Dakar.

 

Por sua vez, o também conhecido escritor "jornalístico" ligado aos assuntos de fé, vem aqui dar a sua análise política, isenta de críticas negativas. Ele é Manuel C. Soares.  Fiquemos com excertos de um homem 100% satisfeito com o executivo da Câmara:

 

"Ponte da Barca, estava no esquecimento de todos os nossos portugueses e estrangeiros, era muito pouco conhecida, (...). Agora sim! Agora é visitada anualmente durante os meses de verão e até de inverno por milhares de pessoas nacionais e estrangeiras."

 

"O sr . presidente da Câmara de Ponte da Barca não pára! Soma e segue. António Vassalo Abreu tomou posse nesta câmara no dia 29 de Outubro de 2005, e a partir daí o seu empenhamento nesta câmara tem sido fantástico."

 

No meio de tudo isto dá um concelho aos políticos, este sim, bem sério. Chama a atenção para o facto de monumentos como a Igreja Matriz e o Mosteiro de Bravães serem os mais visitados pelos turistas, apesar de faltarem informações sobre eles e guias, que poderiam ser os jovens em férias escolares. No meio de tudo isto, alguma coisa de proveito!

 

Mas, depois deste apontamento, continuemos no campo dos elogios:

 

"(...) Presidente da Cãmara António Vassalo Abreu, toda a gente sabe que a cor dele política é a cor de rosa. Mas é só fora da câmara. Dentro da câmara não tem cor política. É o presidente de todos os barquenses, é o presidente de todas as cores."

 

"O sr . Presidente Vassalo Abreu não pára, ele está em todo o lado (...)"

 

Palavras para quê?! Claro, Vassalo Abreu é omnipotente, "está em todo o lado", como Deus.

 

Depois deste repasto de política já está farto de ler, com certeza . Mas sorria! Perante visões tão contrastantes como estas, você será dos poucos que não estará com problemas de percepção...   

 

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 02:30
link do post | botar farpas (=comentar) | ver comentários (2) | favorito

Mais um servo de Deus em Ponte da Barca

Mais um servo de Deus em Ponte da Barca

Segundo a Agência de Notícias da Igreja Católica "Ecclesia", Ponte da Barca passou a ter mais um padre para servir as almas mais necessitadas. O Bispo de Viana do Castelo ordenou, segundo esta agência noticiosa, "três novos presbíteros para o serviço a esta parcela do Povo de Deus que peregrina no Alto Minho." O barqueiro só acrescenta, a este discurso com toda a "cagança", abençoados sejam! Ao que parece tudo decorreu na Sé Catedral de Viana do Castelo às 15.30h (hora marcada) no Domingo passado. Para além do padre do concelho de Ponte da Barca, Jorge Agostinho Sousa e Silva, da freguesia de Bravães, foram ordenados mais 2 padres provenientes das "paroquías" de Darque e de Cabreiro, em Arcos de Valdevez.

Segundo o reitor do Seminário de Viana do Castelo, «Oito diáconos num só ano constitui um verdadeiro recorde que dificilmente se baterá nos próximos anos». O barqueiro nunca esteve tão de acordo com as gentes da Igreja: com a falta de padres, e sobretudo de crentes que está cada vez mais a aumentar, dificilmente conseguirão manter os níveis de sacerdotes ordenados! Sorte, dirão estes "supra - sumos" da Igreja, é que ainda restam gentes e populações como as do concelho de Ponte da Barca e arredores. Freguesias do interior ainda vão dando sustento a padres. E como as populações destas aldeias estão cada vez mais envelhecidas, mais gente idosa, com a preocupação de se redimirem dos pecados da vida e garantirem um lugar no "reino dos céus" dão o "pão nosso de cada dia" aos "parôcos". Um concelho sai deste blog às pessoas mais idosas: aproveitem mais os vossos últimos anos, em vez de se ocuparem com assuntos do além que vos ocupam a vida para chegarem ao momento da morte e nunca terem pensado em vocês mesmos. 

 

Para por fim a este ambiente "fúnebre" de análise da Igreja Católica actual, fiquemos com um vídeo, que já há muito que não víamos neste blog, acerca dos testes finais que um padre, como os que foram ordenados nesse "mítico" Domingo, têm que passar para poderem tornar-se aquilo que sonhavam desde pequenos. Tenha pena, porque os testes demonstrados no seguinte filme exigem anos de preparação nos Seminários!

 

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 02:28
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

3ª Aula de "Estado Novo" por Artur Soares

3ª Aula de "Estado Novo" por Artur Soares

Como este a mentalidade fascista ainda anda por aí, e como os seus apoiantes se têm revelado muito receptivos às "Aulas de Estado Novo" dadas por este blog já por duas vezes, eis mais uma aulinha, que vem provar que o tempo em que se ensinava aquilo que Salazar impunha ainda não acabou, apesar dele já ter acabado há muito. Mais uma vez a qualidade dos conteúdos é de Artur Soares, a exclusividade é do Notícias da Barca e a interactividade de ensino provinciano é do "Nada sobre a Barca". Já agora, se não estudou as primeiras aulas em http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/14681.html e em http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/16560.html, dê uma vista de olhos para não se acumularem muitos conteúdos.

Comecemos como sempre:

Cantem o Hino e de seguida 2 Avé - Maria, 1 Pai Nosso e para finalizar um "sinalzinho da cruz". Ha!... e virem-se para as fotografias.

         

A aula de hoje é dedicada à discussão do sistemas políticos que hoje nos governam e que já nos governaram no passado. Será que temos estado a trocar tudo durante estes anos!? Será que afinal já vivemos melhores tempos antes do 25 de Abril de 1974, e agora vivemos numa ditadura? E essa ditadura será fascista ou comunista? Eis o que trás cá o "professor" Artur Soares:

"Por mais que procure catar, para saber qual é a espinha dorsal deste Governo, (...) pouco ou nada se vislumbra."

"Será um governo de democracia musculada? De ditadura fascista ou comunista? Será um governo de inspiração monárquica?

É realmente estranha a sua actuação, uma vez que liberal não é, de certeza."

"Recordo a fome e a pobreza nacional dos anos cinquenta do século passado (...).

Atingidos os anos sessenta e até ao ano de setenta e cinco, a economia nacional já era favorável aos portugueses e, "o fascismo", fazendo aumentos de dois ou três tostões nos bens de consumo, deu-se ao luxo de distribuir o subsídio de natal, bem como dar metade das reformas dos falecidos aos cônjuges sobreviventes."

"Efectuada a revolução por meia dúzia de inocentes (em política) militares, que tinham horror ao capim e ao cantil às costas, nunca mais este país se equilibrou e, hoje, sofrem-se dificuldades de toda a ordem, a rapinice de quem nos tem governado (democraticamente?) (...)."

 

"E sentimos dúvidas em que regime político se integra este Governo Sócrates (...). Mais: se a extrema direita de então, era da sua política, tirar, porque dava?, porque deu? Se o ideal do "socialismo em democracia", é distribuir/ dar, porque não dá e para estupefacção dos que têm os miolos no sítio, tira, o que por Lei não lhes pertence tirar!"

"De maneira que, se os nossos políticos têm sido banais, também é verdade que todos têm sido mentirosos, porque talvez "nasceram" fracos de entre o seu "fraco povo"."


sinto-me: regredindo no tempo...

talhado por o barqueiro às 02:26
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

Comes e bebes" de Verão 2007 III

Sardinhadas e outros "Comes e bebes" de Verão 2007

Na continuação desta rubrica que está a aquecer este Verão (continue a escolher a sua comesaina " favorita que brevemente será sujeita a votação!), as habituais entidades que vêm referidas nos jornais e que nunca deixam ficar mal a arte de bem comer lá estiveram presentes em mais uma "sardinhada e outros comes e bebes". Desta vez foi na Festa da Terceira Idade realizada em Vila Nova de Muía , na Santa Rita. Infelizmente as ditas entidades desta vez foram mais discretas, querendo manter um pouco mais de privacidade em relação às objectivas, para talvez desfrutarem melhor do acto de "comer e beber". Esperemos que isto não seja um sinal, e que não deixem ficar mal os leitores dos jornais e deste blog, apaixonados por esta arte de comer fêvera e sardinha, nos próximos eventos do tipo.

Entidades barquenses, façam como esta menina que participou na festa e apareceu na foto com toda a "convicção"!

 

 

 

Depois de uma análise exaustiva e repetida da foto - reportagem do "Notícias da Barca", lá estava a "nata" de Ponte da Barca, "camuflada" no formigueiro de pessoas presentes na festa. Desta vez, a eterna aliança que veio a público na anterior Festa do Idoso na Malafaia saiu reforçada com novos elementos . Eis, na foto (descubra por si próprio), a aliança ainda mais forte: Religião - Política - Empresários.  

 

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 02:24
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

Sábado, 21 de Julho de 2007
Atentado em Vade S.Tomé

Atentado em Vade S.Tomé

Uma notícia no mínimo insólita vem de Vade S.Tomé. O presidente de junta Joaquim da Silva Lopes é acusado de querer destruir um caminho romano, na imprensa regional, por um senhor preocupado com o património histórico que possuímos, e que infelizmente poucos sabem dar o devido valor. No contexto de obras das estradas e caminhos da freguesia, o presidente de junta e Câmara Municipal pretendem alargar também a referida estrada romana, destruindo também, os muros com mais de 2000 anos, com cerca de 200 metros de comprimento. Num excerto do artigo escrito para os jornais da terra pelo senhor António Pestana Raposo lê-se:

"(...) no dia 5 deste mês, recebi uma carta do advogado da Junta de Freguesia dizendo que era intenção da Junta alargar o caminho, fosse de forma consensual ou expropriando o terreno e o muro em causa."

 

É mais um caso que revela a extrema falta de cultura de quem governa as nossas terras. Estão no poder pessoas que não são capazes de reconhecer e até aproveitar as potencialidades do património que possuem.

 

"Como é que se pode gastar assim dinheiros públicos, destruindo património de todos e sem criar benefícios a todos?"

 

Gentes de S.Tomé: protestem! Não deixem que vos estraguem um dos muitos vestígios da ocupação romana da Península Ibérica no concelho. Já vimos o que aconteceu à via romana perto da Rua Trás do Forno há uns anos atrás: os políticos da terra avançaram com as obras de saneamento e levantaram as pedras de uma estrada com mais de 2000 anos. Hoje podemos lá ver tampas de saneamento! Resta saber como ninguém tomou medidas quanto a isso. Desta vez isso não pode acontecer. É pena é que tanto os políticos da Câmara como os da Junta tenham que ser pressionados pelas pessoas conscientes do valor do nosso património histórico...


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 20:58
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

Gestões de S.Bartolomeu...

Gestões de S.Bartolomeu...

Segundo últimas notícias de "O Povo da Barca", na sua rubrica habitual "Assim... Sim! Assim... Não!", a Associação Concelhia das Festas de S. Bartolomeu ainda não divulgou as contas da romaria do ano passado.

Segundo o jornal:

"(...) Associação que, juntamente com a Câmara, apregoou aos quatro ventos, que iria fazer melhor com menos dinheiro. Como sabemos se o conseguiu?"

Poderemos brevemente vir a saber afinal quanto se gastou nas festas do concelho... quando já estão aí "à porta" as próximas festas. Estranho. Pede-se maior rapidez aos gestores da festança, pois se não divulgam ainda antes das festas deste ano, a lista de trabalho, entenda-se, fazer contas, começa-se a acumular, e para os meses que se seguirão a Agosto terão contas para fazer não de uma, mas de duas festas, e depois o trabalho começará a acumular-se...

A foto colocada no jornal até dá a entender que Adolfo Ferreira, presidente da associação de festas, tem a "cabeça a prémio"...

       


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 20:57
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

barqueiro
pesquisar
 
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


barcalhoadas recentes

Saga "Palhaçadas" continu...

Maravilhas naturais, turi...

Palhaçadas de Carnaval

Menino Jesus vs Pai Natal

Reunião(ões) da(s) Jarra(...

O "Vosso" executivo e o 3...

Um executivo empregador

Gripe Ai!, não faça o "ra...

Fugir de homossexuais: el...

"Pai" Barqueiro e os pres...

Terminou o forrobodó! Mai...

Dossier Autárquicas 2009 ...

Dossier Autárquicas 2009 ...

Novela de Verão: "Meu S.B...

Dossier Autárquicas 2009

Vassalo "Summer Sessions"

O destaque de sempre: Lim...

A "Nata" Barquense

A Fórmula Cultura+Turismo

A "Colmeia" das "Abelhinh...

Barquenses votaram Europa...

Certame político-religios...

"Novo Rumo" com "velhos" ...

Política passeando pelas ...

Bitaitadas frescas

Mais um ano com os livros

De Ponte da Barca a Lisbo...

Pontes da decadência

Diácono de Lindoso ajoelh...

Viva a liberdade, e o iní...

todas as barcalhoadas já assistidas

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

Visitas
Vídeo do mês: Política para Totós
subscrever feeds