Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2007
Assim terminou o ano em Ponte da Barca
Assim terminou o ano em Ponte da Barca

Os últimos dias do ano é uma altura em que nas pessoas reina o espírito natalício e a ternura de um ano passado. Deseja-se o melhor para o ano que vem, e isso ouve-se sempre dizer que é paz, saúde, amor e coisas que não fogem muito dessa linha. Vejamos então como vai o espírito dos barquenses que marcam durante todo o ano as páginas dos nossos 2 jornais concelhios.

Comecemos a "viagem" por mais algumas notícias novas que surgiram acerca do Orçamento Municipal para 2008. Após as últimas lançadas no "Notícias da Barca", e aqui comentadas em "Espírito Natalício Invade assembleia Municipal (http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/39968.html)", surgem agora entrevistas no "O Povo da Barca". Numa abrangente entrevista a figuras dos partidos concelhios, ficámos a saber que para Miguel Pontes (PS) tudo está bem neste orçamento (como não poderia estar!), mas da sua entrevista mais nada se pode tirar. Para Arnaldo Pereira (CDU), "não existem inovações relativamente aos anteriores", apresentando a transcrição do seu discurso em Assembleia com as áreas que deveriam ser prioritárias na política concelhia. Mas o melhor vem do PSD e do BE. Do PSD, Claudino Amorim, figura que despertou para a imprensa regional já muito no fim deste ano, diz que "São tantos os aspectos negativos que nos custa encontrar aspectos positivos", enumerando críticas atrás de críticas, sendo um orçamento "enganador". Ficou por responder a questão de "quais os aspectos positivos", e quanto a soluções e alternativas, zero. O BE, por David Sequeira, apresentou um texto organizado, onde apresenta as críticas, alternativas para esses aspectos negativos, e ainda não lhe custa apontar aspectos positivos do orçamento, que apesar de tudo, também terão que haver. Resultado: o BE, o partido "formiga", acaba o ano, pelo menos na imprensa, à frente do maior partido da oposição, o PSD, que deveria apresentar-se como verdadeira alternativa ao poder actual! Isso dá para rir, mas na verdade é algo preocupante, na medida em que transparece incompetência da oposição que pretende o "poleiro" actual do PS.



Dando uma vista de olhos, desta vez, pelas mensagens de Natal, encontrámos mensagens de Natal dos Presidentes de Junta em geral, uma aqui outra acolá, salpicando as páginas dos jornais da primeira à última página.

Quanto ao Rotary Club, continua a "saga" contra os distúrbios oftamológicos proporcionada pelo presidente e empresário do ramo das ópticas, Victor Dias.

Este ano termina também com uma das melhores análises que Arnaldo de Sousa já fez. Vem questionar-se, como qualquer barquense terá que fazer, se há alguma "linha de coerência" entre a decisão da Câmara Municipal de prescindir da aplicação de 800 mil euros no que seria o Parque Empresarial de S.João/ Salvador por falta de "vocação" da localização, e agora proceder à venda de lotes para a instalação de empresas no mesmo local.

Como já é costume, tivemos ainda as mensagens de Natal do Presidente de Câmara, Vassalo Abreu, do Presidente da Assembleia Municipal Paulo Pimenta e a mensagem conjunta dos vereadores da oposição Olinda Barbosa, António Rodrigues e Lino Freitas.

Tocando, como não poderia deixar de ser, no "clero" barquense, assistimos ao culminar de um ano cheio e envolvimento religião - política, com o Padre Júlio a aparecer no mesmo jornal em duas fotos junto com a "nata política" de Ponte da Barca.



Acabámos esta "maratona" de fim de ano com a boa notícia (ou não) de que na época Natalícia não houve gente, ou melhor, mortos, para se elaborarem as colunas de "Falecimentos" do concelho nos 2 jornais concelhios.

Boas entradas para todos!!!


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 01:08
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

As melhores barcalhoadas 2007
As melhores barcalhoadas 2007

Aqui ficam alguns dos melhores episódios publicados em cada mês durante este ano de 2007... Já se sentem as saudades... lol


 

Mês Janeiro: http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/tag/1%C2%BA+lambusar


 

Mês Fevereiro: http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/tag/referendo+ao+aborto


 

Mês Março: http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/tag/sarrabulho+em+oleiros%3B+entrudo%3B+comer+at


 

Mês Abril: http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/tag/gemina%C3%A7%C3%A3o


 

Mês Maio: http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/tag/et%27s+na+barca


 

Mês Junho: http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/tag/fus%C3%A3o


 

Mês Julho: http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/tag/correia+de+campos


 

Mês Agosto: http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/tag/rusgas


 

Mês Setembro: http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/tag/amuo


 

Mês Outubro: http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/tag/santinha+da+barca


 

Mês Novembro: http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/tag/desabafar


 

Mês Dezembro: http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/39212.html


 

O que nos esperará o ano de 2008? Bom ano para todos!!!


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 01:06
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

O Regresso das Bençãos das Carrinhas
Nossa Senhora lhes dê a mão, e juízo também!
O Regresso das Bênçãos das Carrinhas, em Bravães


Foi na freguesia de Bravães que se deu o regresso da bênção das carrinhas. Já há muito que não se assistia a cerimónias destas. Tais bênçãos, proporcionaram memoráveis episódios neste blog das rubricas das "Bênçãos das Carrinhas".  Se assistiu aos primeiros tempos deste blog já se deve recordar (afinal os últimos episódios só foram há 5 meses). Se não assistiu a esses episódios deste insignificante blog, pode sempre ir aos links no fim deste artigo.

Curiosamente, o último episódio registado neste blog deste fenómeno de bênçãos tinha ocorrido na freguesia vizinha de Lavradas a 22 de Junho. A freguesia vizinha de Bravães não se ficou atrás, e no passado dia 13 de Dezembro teve não só direito a uma carrinha, sempre útil para as freguesias do concelho, como, ainda mais importante, a uma "Bênção de Carrinha". O acontecimento ocorreu integrado nos festejos natalícios da escola do 1º ciclo, contribuindo, como todas as bênçãos de carrinhas, para a alegria das pessoas presentes, e neste caso, também de todas as crianças presentes. Contudo, nem tudo é um mar de rosas em Bravães, nem mesmo com esta bênção. Segundo o que se poderá entender pela imprensa regional, Bravães é uma freguesia muito necessitada de apoios e condições, podendo estar a afectar as suas gentes no domínio social. Isto porque, segundo o "Notícias da Barca", Alberto Cerqueira, o presidente de junta da freguesia, disse que "o Pai Natal finalmente ouviu a nossa vontade expressa desde há muitos anos". Acrescente-se ainda o facto do almoço da festa da dita escola ter sido "presenteado pelos pais dos alunos, onde todos contribuíram com algo de comer e beber para o almoço". Para além de toda a mística envolvente a uma cerimónia como uma bênção de carrinha, em que se envolve política com religião, e desta vez educação, há, portanto, que alertar o presidente de Câmara. Poder-se-á pedir a Vassalo Abreu, que em vez de mostrar querer ajudar o padre na cerimónia (como parece na foto), que retire trabalho ao Pai Natal em satisfazer os desejos dos presidentes de junta, e que dê mais de "comer e beber" às suas gentes.


Falando com mais seriedade, o presidente de Câmara tem-se portado bem em equipar as freguesias com estas carrinhas, mas neste caso quem se portou mal foi o presidente de junta de Bravães ao confundi-lo com o Pai Natal. Mais uma vez vêm ao de cima semelhanças entre freguesias vizinhas, pois o presidente de junta de Lavradas também já fez o mesmo na Assembleia Municipal em "Espírito Natalício invade Assembleia Municipal (http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/39968.html)".

 

 

http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/20850.html

http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/20278.html

http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/13830.html

http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/4295.html

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 01:04
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2007
Espírito Natalício invade Assembleia Municipal
Espírito Natalício invade Assembleia Municipal


Na última Assembleia Municipal o espírito natalício invadiu os presentes. Nos jornais lê-se que se aprovou o “maior orçamento de sempre” com o voto favorável “de todos os presidentes de junta”. O único presidente de junta que ainda “torceu” um pouco o nariz foi o de Britelo. Nada que Vassalo Abreu e o espírito natalício não conseguissem resolver. Até o “velho do Restelo”, como agora pegou em moda dizer, “El Mestre” João Esteves se chegou à frente disponibilizando-se para se necessário ser testemunha de Vassalo Abreu no edifício de Sto António do Buraquinho. “apesar de politicamente não estarmos de acordo, o senhor é uma pessoa séria”, disse João Esteves num momento raro de política em Ponte da Barca, em que se deixam de parte guerrinhas “politiqueiras” do costume. O que o Natal faz! No meio deste bonito cenário, surge o “duende mau”, ao qual o espírito natalício não entra: Claudino Amorim. Este manifestou uma firme oposição ao executivo, publicando no jornal um exaustivo artigo de análise de contas apelidadas de “despesismo”. No meio de tudo isto ainda houve oportunidade  para alguém confundir Vassalo Abreu com o Pai Natal: o presidente de Junta de Lavradas. Quis saber como está a situação da ponte sobre o rio Lima, talvez o presente de Natal mais excêntrico e difícil de concretizar em Portugal e arredores. Um presente para o qual será preciso muito mais que se portar muito bem durante o ano. Assim vamos em Ponte da Barca este Natal. Boas Festas!

 

 


NOTA: Havia muitas mais coisas para fazer uso da “má língua” como de costume, mas como é Natal…


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 00:33
link do post | botar farpas (=comentar) | ver comentários (1) | favorito

Natal: época de intercâmbio de cabazes
Natal: época de intercâmbio de cabazes

É nesta altura do ano que o movimento de cabazes é mais intenso. Há donativos para fazer a instituições e necessitados, há prendas para dar aos amigos e familiares, boas festas para desejar… E é assim que alguns dos cabazes em circulação no Natal contribuem para a taxa elevada de “intercâmbios natalícios”. Mas a contribuição mais relevante para essa taxa de circulação de cabazes são talvez os “cabazes graxistas”. É nesta altura que se aproveita para “pagar” a factura dos favores acumulados ao longo do ano ou, por outro lado, para “passar” a escova a alguém, para que o próximo ano seja tão próspero quanto o que passou. A política é um grande sector de circulação deste tipo de cabazes no nosso concelho.       

 

Vulgar cidadão “devedor”: Olá! Muito boa noite sr. “Político”.

 

Político: Boa Noite.

 

Vulgar cidadão “devedor”: Venho aqui trazer-lhe este presentinho… Não é para lhe pagar nada… É só para lhe agradecer a sua boa vontade de me ter arranjado um “tachinho”…

 

Político: Não era preciso trazer nada…Não se incomode (Pensando: Não se esqueça de continuar a trazer!)

 

 

Vulgar cidadão “devedor”: Favorzinhos destes nem em toda a vida se conseguem pagar. Obrigadinho… Muito Obrigadinho… Bom Natal!

 

Político: Igualmente…

 

 

Vulgar cidadão “devedor”: Muita saudinha para sua esposa e toda a sua família… obrigadinho… adeus… adeus…

 

 

 

Mas eis que, nesta bonita história de Natal, o sr. Político com estatuto no seu meio envolvente, também está na condição de “devedor”:

 

 

Político “devedor”: Boa noite. Como está? Bem disposto sr. “vulgar cidadão”?

 

 

Vulgar Cidadão: Olá sr. Político… Por aqui?

 

 

 Político “devedor”: Venho trazer-lhe uma pequena lembrança de Natal (Pensando: pela “fidelidade” que me tem mostrado e espero que assim continue).

 

 

Vulgar Cidadão: Ai… Deixou-me sem jeito… Não precisava de se ter incomodado…

 

 

Político “devedor”: Venho desejar-lhe também um Bom Natal a si e aos seus.

 

 

Vulgar Cidadão: A si também e a toda a sua família… Saudinha para si e para a sua família…

 

 

Político “devedor”: O que é preciso é saudinha para todos, tem muita razão. Adeusinho e boa consoada. Boa Noite.

 

 

Vulgar Cidadão: Adeusinho… Adeusinho… Não precisava de ter trazido nada. Muito obrigadinho…

 

 

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 00:31
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

O futuro agora de Vassalo Abreu por José Pedro Amaral
O futuro agora de Vassalo Abreu por José Pedro Amaral

Como já foi analisado neste blog, o próximo ano de 2008 ficará na história de Ponte da Barca como o ano mais “fértil” de sempre. Isto porque a quantidade de obras que irá ver a luz do dia, segundo as previsões deste executivo, será enormíssima. Dessa forma, poderá ser um ano em que tudo se fará e pouco se deixará para fazer nos próximos (ver em http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/36639.html).  Este rico programa da Câmara Municipal para o próximo ano já tem suscitado muitos entusiasmos, como seria de prever. A política é algo que desperta euforias colectivas, que têm o seu auge nas épocas de eleições. Apesar de estarmos sensivelmente a meio deste mandato, as euforias podem já ter começado! A vaga de manifestações públicas de políticos da esquerda e da direita, da nossa terra, surgiu de repente, quase como um tsunami. A maior das surpresas foi o regresso “das cinzas” de Cabral de Oliveira. Quem diria tal coisa, há tempos atrás? É mais uma prova de que na política de Ponte da Barca tudo é possível. Até de se ver uma previsão nos jornais do futuro promissor de Vassalo Abreu. José Pedro Amaral, nas recentes declarações nas suas “Notas Relevantes” no “Notícias da Barca”, refere relativamente  ao presidente da nossa terra “(…) que se calhar um dia também fará falta ao Governo(…)”.  Nem o professor “Bambo” e outros profissionais do futuro “bem pago” fariam tal previsão. Não é que se queira aqui dizer que Vassalo nunca virá a ter um alto posto político e que lá não chegará. Mas sejamos razoáveis ao ponto de perceber as dimensões e competências dos nossos políticos. Com certeza que gostaríamos de ter grandes políticos, mas não é isso que se passa. Além disso comparar o presidente de Melgaço, Rui Solheiro, a Vassalo Abreu, é algo actualmente desajustado.


             

Indo direitinho ao “ponto”, este jovem socialista José Pedro Amaral, tem dado a impressão ao barqueiro, errada ou não, de que uma coluna semanal num jornal concelhio é algo para o qual há alguma dificuldade de se encontrar assunto para dar opinião. Nos tempos em que surgia de vez em quando, lá ficava a ideia de que havia em Ponte da Barca mais um “menino” da política que poderia dar algo mais ao deserto político barquense. Mas os artigos semanais têm dado unicamente elogio gratuito ao PS que está no executivo. PS e PSD lá se vão gladiado à sua maneira de sempre, e a tradição dos seus discursos lá se vai mantendo infelizmente… Uma sugestão para haver assuntos que possam ser comentados e entreter de uma forma mais alegre e cativante o povo barquense: Santana Lopes a presidente!


 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 00:29
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

barqueiro
pesquisar
 
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


barcalhoadas recentes

Saga "Palhaçadas" continu...

Maravilhas naturais, turi...

Palhaçadas de Carnaval

Menino Jesus vs Pai Natal

Reunião(ões) da(s) Jarra(...

O "Vosso" executivo e o 3...

Um executivo empregador

Gripe Ai!, não faça o "ra...

Fugir de homossexuais: el...

"Pai" Barqueiro e os pres...

Terminou o forrobodó! Mai...

Dossier Autárquicas 2009 ...

Dossier Autárquicas 2009 ...

Novela de Verão: "Meu S.B...

Dossier Autárquicas 2009

Vassalo "Summer Sessions"

O destaque de sempre: Lim...

A "Nata" Barquense

A Fórmula Cultura+Turismo

A "Colmeia" das "Abelhinh...

Barquenses votaram Europa...

Certame político-religios...

"Novo Rumo" com "velhos" ...

Política passeando pelas ...

Bitaitadas frescas

Mais um ano com os livros

De Ponte da Barca a Lisbo...

Pontes da decadência

Diácono de Lindoso ajoelh...

Viva a liberdade, e o iní...

todas as barcalhoadas já assistidas

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

Visitas
Vídeo do mês: Política para Totós
subscrever feeds