Quarta-feira, 28 de Janeiro de 2009
Época de c(h)eias...

Época de c(h)eias...

 

Os "comes e bebes"  têm um dos seus períodos áureos nesta época que agora acabou. É o Natal e os Reis que se juntam e que cativam toda a malta, inclusive os políticos, que não podem faltar. É um paradigma da política: os políticos, para de alguma forma "pescar" popularidade, da qual se "alimentam", mostram estar próximos das pessoas, de alguma forma dar-lhes alguma coisa, nem que seja apenas simpatia... mas de facto quem está a dar são as pessoas... e a receber são os políticos... comida! Ou seja, estão a receber duas vezes!...

Após esta complexa análise sociológica, falemos sobre estas c(h)eias, que deixam cheias as barrigas de quem delas usufrui. Tudo começou pelas ceias de Natal. José Pontes lá estava a representar a Câmara numa ceia do Rancho Folclórico de Entre Ambos-os-Rios, provavelmente só a título de exemplo.

O expoente máximo destes eventos dá-se na época de Reis. Mais uma vez realizou-se a Ceia de Lindoso. E quem lá estava mais uma vez? O deputado Jorge Fão, um habitué deste jantares. Quem não se lembra das anteriores edições destas ceias, inclusive neste blog?! Para além de cá vir todos os anos comer, parece fazer algo de útil: foi mais um dos que esteve envolvido (ou querem envolver) na obtenção da grande obra que é a Ponte de Lavradas. O presidente de câmara, Vassalo Abreu, lá estava, indo até à cozinha, talvez para dar apoio moral às cozinheiras, de quem o sucesso de evento mais dependia.

 

 

 

Aproveitando a época de "vacas gordas" gastronómicas, o deputado Jorge Fão esteve presente também na Ceia de Natal do PS. Mas não foi, nem de perto nem de longe a figura do convívio socialista. As maiores figuras presentes nesta sessão de abastecimento de "depósitos gastronómicos", como José Pontes disse numa mítica assembleia municipal, foram Vassalo Abreu, Adolfo Ferreira, o presidente da comissão política, e José Pedro Amaral, líder da ex-pseudo e agora real JS. Sob o lema "Nunca se fez tanto em tão pouco tempo!!!", falou-se da "novidades", como o anúncio de recandidatura por Vassalo Abreu, das obras que foram e estão a ser feitas por este executivo PS, tendo como termo de comparação o pouco trabalho feito pelo PSD ao longo de anos, e falou-se dos projectos, esses ainda mais que as obras em execução. José Pedro Amaral aproveitou mais uma vez para mandar umas farpas à oposição, sendo que desta vez, farpas em versão oficial, têm outro encanto.

 

 

 

Será que isto de fazer muito em pouco tempo de facto convenceu os presentes, e mais do que isso, todos os barquenses? Isso veremos nas autárquicas deste ano. Uma coisa é mais do que certa: o PS já começou a fazer pela vida, e este comício espelha exactamente isso!

Se por um lado muitos acham que as obras que estão a ser feitas são muitas e boas, existirão sempre outros que não são suficientes para merecer uma vitória. Por outro lado este executivo pode merecer do benefício de se pensar que apenas um mandato é pouco para se por os planos em prática. Por outro lado ainda, este executivo pode também beneficiar do fraquíssimo termo de comparação que tem, que são os anteriores executivos do PSD, que governaram durante bem mais tempo que o PS no concelho, e pode-se dizer que praticamente nada fizeram para desenvolver o concelho, quando se pensa em todos esses anos. Tendo um termo de comparação tão fraco, não será difícil demonstrar que pelo menos se fez mais que o PSD, tendo em conta o curto tempo do PS no poder! Numa outra perspectiva, o actual executivo PS já fez "borrada" que chegue para tão pouco tempo. O barqueiro vai apenas exemplificar: o urbanismo continua a mesma "bosta", em relação aos anteriores executivos, e os jogos de interesses basicamente dão seguimento à mesma escola, como é o caso da pseudo-aliança PS-PP, que permite (talvez) arrecadar mais votos, e mais do que isso, entregar a senhores como José Manuel Amorim e seus "amigos da Barca" poderes sobre futuras instituições sociais que estão a nascer em Ponte da Barca.

Como se pode ver, a ponderação de voto é complexa de se fazer, apesar de estes pontos serem apenas uns de entre muitos! Além disso o processo de campanha 2009 só ainda agora começou, apesar de não oficial, e pelo PS. Virão os outros partidos, e sobretudo o PSD, que apesar de ter exercido uma oposição de qualidade duvidosa durante estes anos, irá com certeza discutir até à última o "poleiro mais desejado". Ainda muito folclore está para vir!...

 

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 01:40
link do post | botar farpas (=comentar) | ver comentários (3) | favorito

JSD com Azias, "adultos" brincando

JSD com Azias, "adultos" brincando...

 

A JSD de Ponte da Barca lá continua as suas actividades, desta vez foi em Azias. Falar da JSD é algo que dá ao barqueiro um especial prazer, até porque este blog já segue a sua actividade praticamente desde que começou a comentar a actualidade concelhia. Pode-se dizer que os tem visto crescer, como o agricultor de Azias que vê a sua couve, com o seu troço, crescer. O barqueiro espera que tenha oportunidade de ter também prazer de escrever sobre a JS, agora oficial, e se não for o mesmo tipo de prazer, ao menos que seja um outro... o que interessa é que seja de facto prazer.

Após esta introdução emotiva, o barqueiro pega na deixa do agricultor da couve de Azias para falar das preocupações que a JSD deixou sobre a freguesia: as actividades económicas locais. Segundo os mesmos, a freguesia possui potencial para enriquecer essa economia com a criação de empregos, que escasseiam por essa freguesia. Falam da riqueza histórica, cultural e ecológica em combinação com programas comunitários como receita para essa criação de empregos. Falam, no fundo do desprezo do poder político para com a freguesia, e falam da união dessa freguesia enquanto comunidade, ao alcançar a garantia do funcionamento da escola primária, conseguindo evitar o "monstro" da centralização rosa. E basicamente foi com isto que estes jovens interessados pela política (e portanto,supõe-se que pelas pessoas também) se ocuparam num belo dia, considerando que estamos no Inverno...

O barqueiro não queria deixar passar, no entanto, a constatação de que a JSD está a crescer... assim se pode ver pelos belos e alegres jovens segurando as cores do partido, e, inclusive, batendo palmas à própria bandeira que envergam. Sempre com o apoio da sabedoria, encarnada nesta foto pelo aldeão de Azias.

 

 

 

Enquanto a JSD vai espalhando boas acções pelas freguesias, os "adultos" vão dando exemplo do que é hoje ser político:

  • Os do PSD andam pela imprensa a tentar puxar para si o mérito de puxar para estas bandas o tremendo projecto da Ponte de Lavradas, não se sabe bem como... Aliás, sugere-se deste blog que se reformule o projecto da ponte, para nela se poder fazer uma espécie de santuário à Santa das pontes rodoviárias, que há-de algures existir. É algo que os políticos, sejam de que partido forem, ficaram hipnotizados, algo metafísico talvez...
  • Por outras bandas, os adultos do PS, pelo menos alguns, devem-se ter ocupado com o funeral de Purificação da Costa Freitas, que, para além de ser uma simples senhora que viveu no nosso concelho, era mãe de José Manuel Amorim e mais uns quantos "Freitas de Amorim". Talvez nenhuma das personalidades que puderam estar presentes na cerimónia, tenham sequer sabido o nome de uma pessoa que infelizmente nos deixou, mas o que se sabe é que morreu o familiar do (ex-, ou não?) PP, que actualmente não é o braço direito, ou sequer esquerdo de Vassalo Abreu, mas que pelo menos é uma perna esquerda não oficial ou perna direita também não oficial do presidente da câmara...

sinto-me:

talhado por o barqueiro às 01:32
link do post | botar farpas (=comentar) | ver comentários (3) | favorito

Ponte da Barca de branco

Ponte da Barca de branco

 

Foi no dia 9 de Janeiro... mas aqui fica a nota de algo que já não acontecia há cerca de 20 anos.

 


sinto-me:
tags: ,

talhado por o barqueiro às 01:25
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

Magalhães a ferver!

Magalhães a ferver!

 

O que é que se tem passado nesta freguesia do concelho? Para os mais atentos à imprensa, nomeadamente ao "Notícias da Barca", temos assistido a uma troca de "ideias" bastante característica de certos artigos que vão surgindo de vez em quando pelos nossos jornais. A julgar por este último caso, o ano de 2009 começou bem, elevando-se o padrão da javardice de imprensa para fasquias bem altas para o ano que começa!

Tudo começa na edição de 10 de Janeiro, em que "um habitante" escreveu aquilo que achava que se passava na freguesia em termos religio - politicos. Com a mesma postura que a do barqueiro, este habitante que não assina o que escreve, tudo porque se meteu com política e religião. Metendo-se com as duas formas maiores de poder das nossas terras, o habitante opinou acerca de membros do poder de Magalhães. São eles o presidente de junta e o vice-presidente, que para além de políticos foram também festeiros de S.Sebastião. "Qualquer semelhança com um partido político não é pura coincidência", assim interpretou o tal autor. Após esta denúncia de "coincidências", focou-se em revelar uma situação de alegada discriminação no que o acesso ao abastecimento de água diz respeito. "Seita", é a classificação dada aos políticos visados. E o barqueiro conclui: possivelmente mais uma das típicas discriminações político-rurais, em que a pequenez dos meios sociais torna possível o surgimento destas situações um pouco por todo o concelho...

Qual é o espanto, ou talvez não haja espanto nenhum, em que na edição de 24 de Janeiro do mesmo jornal surge uma pequena nota despercebida, no fundo de uma página, com o título "Magalhães", onde o assunto discutido nesse artigo nem sequer é perceptível ao leitor. Só após o elevado nível de javardice explanado em poucas linhas, é que nos damos conta, se nos lembrarmos da edição antiga, que esta é uma resposta de alguém com elevados conhecimentos nessa tão característica área da javardice. Assina-se também como habitante e disse coisas como "Reconheço que o senhor poeta tenha andado muito sentido." e "Nunca tires satisfações, porque tirar satisfações é tirar cagal...". Se esta não foi uma resposta pessoal de um dos visados do poder da freguesia, então a pessoa que a escreveu não os terá beneficiado em nada... bem pelo contrário...

Se leu este artigo, então perdeu minutos preciosos da sua vida, porque lê-lo, talvez seja comparável a ler "cagal...".

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 01:22
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

Maria Celeste, a diva

Maria Celeste, a diva

 

Foi o auditório da Epralima que encheu para ver Maria Celeste a comemorar 30 anos de muita música. Aproveitou para gravar as suas "brejeirices" em DVD. Se é daqueles que aprecia, ou simplesmente que ver a boa música à moda minhota, aqui fica:

 

 

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 01:20
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

barqueiro
pesquisar
 
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


barcalhoadas recentes

Saga "Palhaçadas" continu...

Maravilhas naturais, turi...

Palhaçadas de Carnaval

Menino Jesus vs Pai Natal

Reunião(ões) da(s) Jarra(...

O "Vosso" executivo e o 3...

Um executivo empregador

Gripe Ai!, não faça o "ra...

Fugir de homossexuais: el...

"Pai" Barqueiro e os pres...

Terminou o forrobodó! Mai...

Dossier Autárquicas 2009 ...

Dossier Autárquicas 2009 ...

Novela de Verão: "Meu S.B...

Dossier Autárquicas 2009

Vassalo "Summer Sessions"

O destaque de sempre: Lim...

A "Nata" Barquense

A Fórmula Cultura+Turismo

A "Colmeia" das "Abelhinh...

Barquenses votaram Europa...

Certame político-religios...

"Novo Rumo" com "velhos" ...

Política passeando pelas ...

Bitaitadas frescas

Mais um ano com os livros

De Ponte da Barca a Lisbo...

Pontes da decadência

Diácono de Lindoso ajoelh...

Viva a liberdade, e o iní...

todas as barcalhoadas já assistidas

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

Visitas
Vídeo do mês: Política para Totós
subscrever feeds