Domingo, 5 de Outubro de 2008
Câmara, parque desportivo, freitas e vereadores do psd

Câmara, parque desportivo, Freitas e Vereadores do PSD

 

O que poderá haver de comum entre 4 tão simples conceitos?

 

 

Em primeiro lugar a banalidade: toda a gente fala e houve falar em Câmara Municipal tantas vezes como em Parque Desportivo, Freitas (na que ao ramo das obras públicas diz respeito) e Vereadores do PSD, ainda que este último seja discutível (talvez seria mais correcto falar na muitas vezes falada Olinda Barbosa, do que propriamente nos outros ausentes vereadores).

 

 

Em segundo lugar a complexidade dos conceitos: Câmara para uns é um órgão de poder público local, para outros "poleiros" para quem não singra profissionalmente, para outros "novas oportunidades"... de "tacho" a cada 4 anos, para outros o maior empregador do concelho (assim como por muitas partes do país), para outros local de requisição de "cunhas", para outros um conjunto de pessoas que "mandam", ainda que não se saiba bem em quê, para outros conjunto de pessoas denominadas "bons garfos", ... mas raramente existem pessoas que pensam na primeira definição, resumindo-se o conceito câmara a muito pouco, infelizmente. O mesmo se passa com Freitas, um apelido muito vulgar, comum a muito boa gente, mas também a muita gente que não faria falta à sociedade e à política, tornando-se portanto um apelido de gente de pouca complexidade filosófica. Parque Desportivo e Vereadores do PSD são conceitos cuja complexidade também é muito baixa, até porque ambos parecem ser desprovidos de utilidade prática, um porque nunca sequer existiu, outro porque nunca se soube se existe realmente.

 

 

Em terceiro lugar está o facto de serem sempre referidos num mesmo assunto: desta última vez foi na reunião da Câmara Municipal, onde foi finalmente (será desta?) dado o passo que faltava para a construção do "mitológico" Parque Desportivo. E, espante-se, um dos construtores irá ser Artur Alves de Freitas II, Lda. Algo de mais estranho foram as abstenções dos vereadores do psd a esta adjudicação. A primeira hipótese poderá ser a da abstenção sinónimo de protesto, uma vez que os políticos, muitas vezes imitando as crianças, fazem birra dizendo que lhes copiaram as ideias (projectos), apesar de nunca terem disso passado, de ideias. A segunda hipótese, que de certeza que não passou pela cabeça dos vereadores para se absterem, é de que as obras públicas já vão sendo um hábito serem atribuídas ao tal Freitas. Poderá não ter sido o que os vereadores protestaram com as abstenções, mas de certeza que seria esse o protesto do barqueiro e de mais uns quantos barquenses. E não é protesto da qualidade da Engenharia ou de outro parâmetro de execução de obras públicas, como podem perceber... É que, como qualquer cidadão atento e experiente, o barqueiro preocupa-se com frases que se repetem muitas vezes na imprensa, particularmente quando nelas coexistem empreiteiros com políticos. Talvez seja até das experiências e dos "traumas" deixados por executivos anteriores, em que a relação entre estes dois conceitos se tornou "paixão ardente"...

 

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 00:49
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

barqueiro
pesquisar
 
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


barcalhoadas recentes

Saga "Palhaçadas" continu...

Maravilhas naturais, turi...

Palhaçadas de Carnaval

Menino Jesus vs Pai Natal

Reunião(ões) da(s) Jarra(...

O "Vosso" executivo e o 3...

Um executivo empregador

Gripe Ai!, não faça o "ra...

Fugir de homossexuais: el...

"Pai" Barqueiro e os pres...

Terminou o forrobodó! Mai...

Dossier Autárquicas 2009 ...

Dossier Autárquicas 2009 ...

Novela de Verão: "Meu S.B...

Dossier Autárquicas 2009

Vassalo "Summer Sessions"

O destaque de sempre: Lim...

A "Nata" Barquense

A Fórmula Cultura+Turismo

A "Colmeia" das "Abelhinh...

Barquenses votaram Europa...

Certame político-religios...

"Novo Rumo" com "velhos" ...

Política passeando pelas ...

Bitaitadas frescas

Mais um ano com os livros

De Ponte da Barca a Lisbo...

Pontes da decadência

Diácono de Lindoso ajoelh...

Viva a liberdade, e o iní...

todas as barcalhoadas já assistidas

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

Visitas
Vídeo do mês: Política para Totós
subscrever feeds