1 comentário:
De Maria a 28 de Maio de 2007 às 18:36
Quem tanto crítica o que por Bravães, e não só se faz, deve fazer muito melhor por aí. Há quem se esforce para fazer renascer velhas tradições mas será que vale a pena? Afinal de contas há sempre quem só saiba criticar. Será que só o que o "barqueiro" tem iniciativas dignas de louvar? Ou será tudo isto "dor de cotovelo"?
Acredito piamente que a lavrada, para além de seguramente ter proporcionada bons momentos de animação, chamou a atenção para questões relacionadas com a cultura do milho. A agricultura não deve envergonhar ninguém...mas há sempre quem goste de renunciar às sua origens. Será o seu caso barqueiro?

No entanto, no meio disto tudo há sempre um aspecto positivo. É sinal que Bravães é uma aldeia com "espírito" pró-activo e que não se limita "ver a banda passar". Se todas as Associações tivessem iniciativas como os Canários têm, podiamos ficar todos muito felizes. Era sinal que as pessoas que delas fazem parte não estão lá só para posar para a fotografia.


botar farpas