Domingo, 14 de Outubro de 2007
A "posta barrosã" e os presidentes de junta

Presidentes de Junta de Ponte da Barca e Bravães andam-se a fazer à "posta barrosã"?

Ao que temos visto nos últimos jornais, "Notícias da Barca" e "O Povo da Barca", os Presidentes de Junta de Ponte da Barca, Jorge Coutinho, e de Bravães, Alberto Cerqueira, têm andado simpatiquíssimos para com o executivo camarário e para com o seu presidente, Vassalo Abreu. Foi na Assembleia Municipal de 4 de Setembro e antecedentes, e agora na imprensa local com artigos dedicados à Câmara e sua "maravilhosa" gestão. Não é um juízo de valor, apenas é o resumo daquilo que estes presidentes de junta têm dito. Os assuntos recentes da Assembleia Municipal têm-se focado na alienação dos terrenos do Rodo em Vila Nova de Muía e na discussão de projectos ora necessários mas que tardam em arrancar, como é o caso do Complexo Desportivo e Pólo Industrial, ora ridículos e sem o mínimo de consciência, como o caso da ponte sobre o Lima em Lavradas para ligar ao IC 28. Enfim, e a vida da política barquense lá vai andando, com o Bloco de Esquerda a ser o partido mais pequenito mas que ainda vai tendo uma convicção marcada e insistente de estar sempre a alertar para a necessária aposta no turismo. E no meio de tudo isto lá têm estado os presidentes de junta destas duas freguesias a dizer que a Câmara Municipal só tem acções de "servir as populações e promover Ponte da Barca" e que tem estado "num rumo de desenvolvimento". As já "muito produtivas" assembleias municipais têm agora sido usadas por estas figuras para serem ocupadas com o elogio gratuito, sempre pronto a "sair do forno". E, à parte de tudo isto, existe um ditado popular, já que estes presidentes elogiam muito o saber popular da nossa terra, que diz que quando a "esmola é grande o santo desconfia". Pode parecer que são os únicos presidentes de junta do PS no concelho, mas não são, e têm sido uns constantes habituers dos elogios durante as assembleias municipais deste mandato.

O presidente de junta de freguesia de Bravães chega ao ponto de nos seus recentes de artigos de grande elogio nos jornais locais jogar uma das maiores cartadas, daquelas que só se jogam em "ultíssimo" recurso,  para demonstrar a grandeza desta Câmara Municipal:

 

"Gostamos todos de ver as nossas festas a serem divulgadas por todo o país e logo no programa TV regiões. Não foi por acaso que cá estiveram".

 

Parabéns! A Barca chegou ao TV Regiões! Depois disto, o melhor que ainda pode acontecer, pelo menos para estas opiniões, só ganhar as próximas eleições e festejar com uma boa jantarada com a boa "posta barrosã".

 

 

                                  

 

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 07:38
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

Político no desemprego?

Rosto emergente da política barquense à procura de emprego?

Foi no "O Povo da Barca" que tudo aconteceu. Um novo rosto da política barquense, de seu nome Isabel Maria Freitas Pedro, veio-se apresentar ao público barquense: a ela e à sua coluna de opinião política local nesse mesmo jornal, que a partir de agora aparecerá regularmente na imprensa local. O nome da coluna é "Taco a Taco", o que já por si aponta para uma pessoa de convicções marcadas e com olho muito atento para a actividade dos políticos locais, particularmente para os que estão no poder, pois são esses que estão "com a mão na massa", e por isso susceptíveis de avaliação opinativa.

A senhora Isabel Pedro começa bem: começa por alertar à Câmara que estão a meio do mandato, e que, por palavras mais simples que as utilizadas por ela, "ou se põe finos ou dão de frosques nas próximas eleições". E o alerta é bem real: acabou-se o tempo de adaptação à casa e de habituamento ao "árduo" trabalho de político. O barqueiro aconselha esta senhora e todos os barquenses a serem pacientes: obras serão feitas quando as eleições se aproximarem mais, para dizer que a Barca "ainda mexe", como tem sido hábito ao longo de tantos mandatos. E na essencia do artigo de opinião deste novo rosto da imprensa política, o que é dito é que este Executivo pouco tem feito, e que para além disso "os autarcas da oposição (...) que nunca, em mandatos anteriores, se haviam sentido amordaçados na defesa da satisfação das necessidades e das legítimas reivindicações das populações que representam". Segundo esta senhora a oposição tem sido, durante este executivo, digamos que reprimidos pelo poder em vigor. O barqueiro não sabe quais as razões, mas que a oposição tem sido "meladita", particularmente o PSD que já governou durante muitos anos, isso é mais que verdade. Não será antes por falta de habituamento dos senhores do "costume" estarem agora na oposição? Não será porque quem "não está no poleiro" é que está sempre mal?

E em conclusão, como neste artigo de "O Povo da Barca", "não vão faltando motivos para os barquenses estarem preocupados". E a autora do artigo que o diga! Qual não é o espanto do leitor, que chegando ao fim de um artigo de opinião como este, se depara com um pequeno quadro exibindo o currículo da escritora referida. Será que está à procura de emprego? Mas mesmo com um currículo tão bom, de certeza que as propostas não serão assim tantas, pois são esquecidos os contactos. Ou será que se trata de mais um rosto barquense que quer mostrar que é "importante" nesta terra minhota. Se é isso deve-se avisar, que afinal, destes comentadores políticos já estámos todos bem servidos. (Esperemos que nenhum destes cenários seja verdadeiro) 

 

 

                              


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 07:32
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

Câmara "contrata" nadadores para piscinas

Câmara "contrata" nadadores para piscinas municipais

No dia 21 de Setembro a Câmara Municipal celebrou um contrato ou protocolo com um fábrica de transformação de plásticos e metais, a "Sarreliber", de Arcos de Valdevez, para que os trabalhadores dessa empresa tenham facilidades e benefícios de 25% em descontos para usufruirem das piscinas municipais. Trata-se sim, na realidade, de uma forma da câmara tentar meter nadadores nas piscinas, porque até agora o usufruto deste grande complexo de piscinas tem sido muito pouco, por parte da população. 

Por este rumo, poderemos ver num futuro próximo mais uma estratégia desta Câmara Municipal para "contratar" automobilistas para encher o Parque Subterrâneo da vila. E como todas as verdades são para ser ditas, apesar de todas as críticas a apontar aos actuais políticos, não haverá muitas mais formas de tentar dar uso a infraestruturas, como as piscinas e o parque, que a anterior Câmara Municipal, de João Esteves, Cabral de Oliveira e "Companhia, Lda.", teve o mérito de construir para dar habitação aos insectos do concelho.

 

 

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 07:29
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

Mais um servo de Deus em Ponte da Barca - 2ªtemporada

Mais um servo de Deus em Ponte da Barca - 2ªtemporada

 

Ao que parece, o concelho de Ponte da Barca tem sido nos últimos tempos uma zona do país, e quiçá do mundo, onde a Igreja Católica tem tido resultados positivos no que à propagação de pastores diz respeito. Não bastando o já muito badalado padre Jorge Silva da freguesia de Bravães, chega agora uma nova temporada desta "série" de artigos dedicados aos servos de Deus, agora protagonizada pelo "consagrado de fresco" padre Custódio, da freguesia de Britelo. Como foi por aí referido na imprensa regional, foram feitos "tapetes de flores" e um "modesto banquete", na festa de recepção da paróquia referida. Foi também referido que em freguesias como estas, "a imagem de um padre é descrita como um ser santificado, dado que, culturalmente, é visto como o transmissor da lei divina."

Enfim, depois de tantos episódios a falar de consagrações de padres, não vale a pena acrescentar mais nada. Apenas dedicar ao novo padre um "futuro promissor como pároco", e sobretudo dar uma palavra de apreço a todos aqueles que durante estes dias foram a Fátima dar a sua esmola ainda que por vezes abdicando de outras coisas mais importantes na suas vidas...


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 07:25
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

barqueiro
pesquisar
 
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


barcalhoadas recentes

Saga "Palhaçadas" continu...

Maravilhas naturais, turi...

Palhaçadas de Carnaval

Menino Jesus vs Pai Natal

Reunião(ões) da(s) Jarra(...

O "Vosso" executivo e o 3...

Um executivo empregador

Gripe Ai!, não faça o "ra...

Fugir de homossexuais: el...

"Pai" Barqueiro e os pres...

Terminou o forrobodó! Mai...

Dossier Autárquicas 2009 ...

Dossier Autárquicas 2009 ...

Novela de Verão: "Meu S.B...

Dossier Autárquicas 2009

Vassalo "Summer Sessions"

O destaque de sempre: Lim...

A "Nata" Barquense

A Fórmula Cultura+Turismo

A "Colmeia" das "Abelhinh...

Barquenses votaram Europa...

Certame político-religios...

"Novo Rumo" com "velhos" ...

Política passeando pelas ...

Bitaitadas frescas

Mais um ano com os livros

De Ponte da Barca a Lisbo...

Pontes da decadência

Diácono de Lindoso ajoelh...

Viva a liberdade, e o iní...

todas as barcalhoadas já assistidas

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

subscrever feeds