De Promessas.... a 10 de Agosto de 2009 às 00:05
Passeando pelo histórico deste blog encontrei esta pérola:


"Em Alta
O Barqueiro deu uma vista de olhos pela imprensa regional recente e deparou-se com uma medida exemplo para todos os concelhos e populações do país: a preocupação com o meio ambiente. A Primeira Central Térmica de Biomassa do país foi instalada para o aquecimento do Pavilhão Municipal. De acordo com as promessas, este equipamento irá abastecer o futuro Parque Desportivo. Resta agora saber se vai ser servida uma das gavetas onde o projecto tem actualmente residência ou a futura zona desportiva prometida há mandatos a fio e agora prevista no Orçamento 2007. Perante isto o barqueiro só tem a dizer: avancem as máquinas!"

Não quer comentar Sr. Barqueiro?


De anónimo a 10 de Agosto de 2009 às 11:57
sou 1 leitor anónimo habitual e mando um recado para todos os que lêem este blog:
1º A pessoa em causa, que escreve neste blog, que eu nem conheço nem penso ser importante conhecer, não tem que dizer quem é. As pessoas que aderem a este blog ou gostam ou não. Eu gosto. Leio. Comento. Mas não quero saber de quem se trata a pessoa que escreve;
2º Não vejo no Barqueiro inclinação política. E ainda bem. Se visse, deixa de ler o blog.
3º Quem faz aqui campanha pode fazer à vontade. Não me incomoda. Incomoda sim haver falta de ideias. Tal como refere o barqueiro, na Barca as pessoas só querem encontrar lugar, e não ideologias ou ideias.
4º Este blog é muito necessário, tão importante como os jornais locais, porque permite limar as arestas que ficam no ar e ainda possibilita discussão sobre várias matérias sobre o concelho, o que é gerador de notícias e ideias;
5ª por último, façam comentários interessantes e úteis para as pessoas. Saber se o Marinho vai ser pau mandado, saber se o PS vai continuar ma mesma linha não ensina nem possibilita reflexão. Pensem pela vossa própria cabecinha, que é o que faz falta a portugal


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres