Domingo, 2 de Novembro de 2008
Uma oposição de bitaites

Um PSD de Bitaites, um PS de Obras...

 

Onde está a oposição política em Ponte da Barca? Onde anda esse anunciado "novo" PSD do velho Cabral de Oliveira? O barqueiro e uns mais barquenses já a viram... é certo. Mas o fulgor inicial com que a comissão política de Cabral de Oliveira se apresentou há já algum tempo que se esvaneceu...

Não é que esse fulgor não tenha sido surpreendente... Sobre isso este blog já se expressou o suficiente: esse fulgor não foi mais do que uma proposta anunciada como "inovadora" para o concelho, mas com muitas "caras velhas", que se baseou no ataque ao que este PS tem feito em comparação com os anteriores executivos do PSD. Foi aí que este PSD depressa acabou com o factor surpresa nos eleitores barquenses: criticar o PS tudo bem, mas comparar com um modelo de governação PSD que já tardiamente foi chumbado pelos barquenses?! Bem, ... entre o que até agora se conhece dos 2 partidos... "venha o Diabo e escolha!". Veremos como o actual executivo joga com o velho trunfo político "obras públicas em véspera de eleições"...

Acabado o anúncio de um "novo rumo" para a Barca, essa oposição tem limitado a sua actividade a "bitaites jornalísticos". A cada número dos jornais barquenses lá vem um artigo de crítica escrito por alguém do partido... O que se tem tornado numa monotonia que faz esquecer os barquenses que estamos à porta de ano de eleições, e de que, mais importante que isso, se existe, qual as alternativas políticas disponíveis para Ponte da Barca.

 

Há umas semanas atrás o "bitaite" acerca da manobra de campanha rosa da distribuição dos já "míticos" Magalhães pelas escolas...

 

Depois veio a visão de, lia-se no título do artigo, "(...) um deputado municipal sobre as obras na vila". Falava da destruição de empedrados medievais de seixos rolados, como em frente ao Palacete de Sto António do Buraquinho. Um atentado ao património histórico local, mas que o próprio partido que ele representa também já praticou nos seus executivos: quem não se lembra das obras onde se levantaram as pedras de um caminho romano junto à Rua Trás do Forno para colocar tampas de saneamento?! E assim se escreveu um artigo em que a humildade de identificação do autor presente no título foi substituída pela atitude típica de um "varão político" na assinatura do mesmo: "Augusto Cezar de Magalhães Sant'Ana (Prof. Doutor)".

 

Mais recentemente lá vinham outra vez: "Câmara manda GNR para longe". É certo que desta vez têm crítica construtiva ao terem a alternativa de fazer esse mesmo quartel no actual Quartel de Bombeiros, de modo que as forças de segurança ficassem no centro da vila...

 

É necessário mais do que "quase insultos", como já vimos quando reapareceu Cabral de Oliveira, e como certamente voltará a acontecer, e é necessário mais do que queixas daquilo que é feito pela câmara actual... E já agora também se passa sem as comparações com os anteriores executivos... é que só é útil para ver qual o mais "fraquinho"...

Quanto ao PS, não tem feito mais do que tradicionalmente e infelizmente compete a quem está no poder político: mostrar obras quando as eleições estão à porta... nem que sejam apenas máquinas a mexer!

Ponte da Barca necessita de "um novo rumo", como já foi dito por esta nova "velha" Comissão política laranja. Algum dos políticos da terra pode fazer o favor de demonstrar qual o novo rumo tão ambicionado?

 

 

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 02:04
link do post | botar farpas (=comentar) | ver comentários (1) | favorito

Domingo, 9 de Dezembro de 2007
Parque Empresarial para "rebanhos"
Parque Empresarial para meter "rebanhos"

Foi no dia 26 de Novembro que o executivo de Ponte da Barca se reuniu. Até aqui, nada de anormal. A aprovação do Regulamento de Venda do Direito de Propriedade dos Lotes do Loteamento do Parque Empresarial de S. João/ Salvador é o assunto desta semana. Neste aspecto, aí sim, consegue-se vislumbrar a enorme visão dos políticos da nossa terra. Um Parque Empresarial, ou Zona Industrial, como se queira chamar, em S. João e Salvador é um “sonho” prometido desde os tempos do anterior executivo, e por este executivo actual continuado. Aliás, é algo no qual os dois maiores partidos da terra, o PS e a oposição PSD, têm estado em sintonia. O PS inclui na sua lista de obras previstas e o PSD não quer fazer esquecer esse projecto, como nos dá conta um artigo dos últimos meses de Olinda Barbosa. Parques Industriais ou investimentos económicos do tipo é algo que não “medra” em Ponte da Barca. Talvez por isso os políticos da terra têm tido a ideia fixa de instalar um parque industrial em S. João e Salvador para ver se esses terrenos férteis retirados da “zona urbana” de Ponte da Barca conseguem finalmente fazer pegar, nem que seja um “pezinho” de uma “zonasita industrial”. Grande visão, de facto, a dos políticos barquenses. As zonas industriais costumam ser zonas onde só auto-estradas ou outras grandes vias de comunicação, e onde só há poluição e coisas assim. Enfim, coisas do progresso humano, coisas de uma economia que exige grandes lucros empresariais, e para isso progresso e modernização. Sem desprezo ou inferiorização das referidas freguesias, Salvador e S. João são freguesias que “olham” para o Parque Nacional Peneda-Gerês, em pleno cenário rural e natural de Ponte da Barca. Em resumo… só apetece dizer uma coisa aproveitando palavras simples do povo, que é mais sábio do que muitos: “Parque Empresarial nessas paragens nas circunstâncias conhecidas, só para meter rebanhos”. E de facto, se esse Parque Empresarial for dedicado às actividades económicas do pastoreio e da pecuária, aí sim, o barqueiro pede desculpa pela graçola. Nesse caso é bem visto e bem aproveitada a exploração dessas actividades no cenário conhecido… Mas expliquem-se melhor!... Só para não se andar “às aranhas”.

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 10:13
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

Domingo, 2 de Dezembro de 2007
2008: o início de uma nova era em Ponte da Barca

2008: o início de uma nova era em Ponte da Barca

 



Quem o diz é Vassalo Abreu. O presidente de Câmara do nosso concelho disse na passada reunião do executivo, onde se aprovou o orçamento para 2008, que “o ano de 2008 ficará na história do Concelho, pois nunca em Ponte da Barca se fez tanto em tão pouco tempo.”. “Correrias”: é algo em que este executivo se terá que meter em 2008, pois entrando já na contagem decrescente para as próximas eleições autárquicas, ter-se-á que mostrar obra e fazer tudo aquilo que os barquenses esperam das promessas que foram feitas, muitas delas feitas já há muitos anos pelos vários políticos que “assolaram” Ponte da Barca durante anos. A julgar pela lista de obras que vão ver a “luz do dia” nesse próximo ano, será de facto, e com toda a razão, um ano que ficará na história. Uma pequena lista que impressiona logo à primeira vista: centros educativos de Crasto e de Entre Ambos-os-Rios, Novo Estádio Municipal, Centro de Dia de Cuide Vila Verde, Novo Quartel da GNR, Creche de Oleiros, a Porta do PNPG em Lindoso, a Praça entre o Tribunal e o Centro de Saúde, a Estrada de Nogueira e a Variante de Ligação a Vila Nova de Muía, e ao que parece ainda mais coisas a fazer. É caso para dizer: “boca de rico e carteira de pobre”. A prometer “não são pobres”, vejamos se a executar seguirão o mesmo caminho. E, senhores políticos da terra, compreendam esta desconfiança, pois já há muito que os políticos adquiriram a sua fama junto das populações. Mais um orçamento, mais medidas que se dizem que vão sair do papel, … Repetição de muitas outras cenas já vistas?

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 01:39
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

barqueiro
pesquisar
 
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


barcalhoadas recentes

Um executivo empregador

Certame político-religios...

"Novo Rumo" com "velhos" ...

Política passeando pelas ...

Pontes da decadência

Época de c(h)eias...

Uma oposição de bitaites

Parque Empresarial para "...

2008: o início de uma nov...

todas as barcalhoadas já assistidas

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

subscrever feeds