Sábado, 12 de Maio de 2007
Parquímetros em plena Barca!... o drama, a tragédia, o horror...

Parquímetros em plena Barca!... o drama, a tragédia, o horror...

O que é isto?!

De repente o comportamento dos barquenses na vila mudou completamente...

Será chuva...

Será gente...

Nada disto é com certeza (que estupidezes)!!!

Não!!!! São seres de outro planeta! São ET's!!!

Fujaaaaaaaaaaaaaaaaam!

 

                                 

 

Como o panorama da vida da nossa Ponte da Barca nem sempre é descrito e contado devidamente pela imprensa local, o barqueiro veu-se na obrigação de falar, fazendo o papel que os jornais deveriam fazer, de uma recente invasão de extraterrestres que tem andado a apavorar todos os barquenses que vão à vila. Eles vieram destabilizar as vidas de milhares e milhares de barquenses (se existirem tantos). Lá estão eles na rua, afugentando as pessoas que buscam os comércios tradicionais, as tascas, as pastelarias, os correios, a segurança social, etc....

 

Testemunho 1: No primeiro dia em que eles (os ET's = parquímetros) nos invadiram, na segunda, pelo que me disseram, eu estacionei o meu carrinho para ir até ao tasco. Caguei para eles e até me ri na cara daqueles parquímetros de merda. Mas depois, quando cheguei ao carro para ir a casa cear, estava lá uma multa no vidro que os moinas me passaram. Cá para nós, e até já falei disso no café, eles já andam feitos com a bófia... já não há remédio! Eles já dominam as nossas autoridades!

 

Testemunho2: Parece que foi a Câmara que deu "orde" para eles virem para cá. Já não chegavam os marroquinos, os pretos, os ucranianos e os chineses, agora também vêm para cá os parquímetros. E estes são muito piores, pois estão espalhados pela vila de lá de cima até cá baixo. Por causa deles temos que deixar o carrinho lá para baixo para o campo da feira, à beira das piscinas, o campo do Côrro ou à frente do tribunal. Isto não é nada! O Presidente da Câmara anda tolo!

 

Testemunho3: Vejam lá bem que já não se pode ir comprar nada! Antigamente uma pessoa podia parar o carro e deixá-lo no meio da estrada para ir a uma loja comprar qualquer coisa que fizesse falta. Agora por causa desses que vieram lá do planeta de não sei da onde as ruas em frente às lojas chegam a ficar desertas! Isto é muito mau para os comerciantes! Até tenho medo ao que podem vir a fazer com aquele terreno à frente do tribunal, que ainda vai desenrascando.  É um dos melhores refúgios para escaparmos à crueldade desses ET's.

 

É o furor deste Verão!... escapar aos parquímetros. Quando pretendemos estacionar, lá estão eles a nos estender a mão,... e nós ali a meter as moedinhas com vontade de cuspir-lhes na cara. 

 

      


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 02:02
link do post | botar farpas (=comentar) | ver comentários (3) | favorito

barqueiro
pesquisar
 
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


barcalhoadas recentes

Parquímetros em plena Bar...

todas as barcalhoadas já assistidas

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

subscrever feeds