Sábado, 8 de Agosto de 2009
A "Nata" Barquense

A "Nata" Barquense

 

Estava o barqueiro lendo um dos "Notícias da Barca" do mês de Julho, quando se deparou com mais um excelente artigo da autoria do já conhecido sociólogo Pedro Costa. É claro que esta é só a opinião do barqueiro, mas nunca é demais expressar neste blog a sua grande admiração por aquilo que escreve. "Nata" de Ponte da Barca, olhem para esta forma de escrever e de opinar, expor e analisar diversos temas da sociedade!

O artigo de Pedro Costa que levou o barqueiro a escrever este seu artigo tinha como título "Sobre a humildade e honra". Nele estava o seguinte início de parágrafo, e o barqueiro deu-se aqui à liberdade de o expor, para a "nata" barquense pensar nele:

 

"O uso da palavra Doutor serve, cada vez mais, para (re) direccionar o poder nas relações sociais. Como douto é aquele que , aparentemente, sabe do que fala ou trata, nas relações a palavra doutor implode o sentido e subjuga o "não-douto" ao douto."

 

De facto não se poderia melhor retratar aquilo que hoje se passa na sociedade, em que todo o possuidor de um curso superior, e alguns deles com formação não se sabe bem em quê, vive na ânsia de mostrar ao próximo o seu título de "doutor", na ânsia de assim ser tratado nas relações sociais, mesmo naquelas externas ao exercício das suas actividades enquanto formado em determinada área. É uma "febre", talvez devida ao facto do nosso país, e em particular o nosso concelho, não estar historicamente "habituado" a estudar e a formar os seus cidadãos. A isto junte-se a necessidade de afirmação e estatuto, e a "febre" poderá em parte estar explicada.

 

"Andamos constantemente embrulhados numa típica disputa de "galos" para demonstrar qual de nós tem mais força, inteligência ou mais poder."

 

O barqueiro apeteceu-lhe pegar nestas palavras de Pedro Costa e aplicá-las especificamente à "Nata" que circula em Ponte da Barca. Nessa "nata" incluem-se aqueles que constantemente impõe o seu título de doutor e/ ou o seu estatuto, e estão também muitos senhores que não possuem formação superior, mas que são portadores de uma qualquer "graça" que lhes permite tentar convencer os outros que são portadores da verdade ou do poder. O barqueiro não vai com certeza revelar nomes. Apenas pode dar pistas, apesar de muitos não precisarem delas. Ao barqueiro apeteceu-lhe falar do clube Rotary de Ponte da Barca. Foram os escolhidos apenas por recentemente serem notícia, pelo seu novo presidente. Devido a isto avivou-lhe a memória. Mas não se ralem, pois muitos dos membros desta "nata" podem até não pertencer a este clube. São aqui referidos apenas a título de exemplo. O Rotary tem como propósito da sua existência causas nobres, em que os seus membros, com a suposta estabilidade social e económica que possuem, desenvolvem actividades no campo da solidariedade social, ou noutras áreas, como a premiação do mérito de alguém. Basicamente será assim que o barqueiro e o comum cidadão o poderá definir. No nosso concelho em particular, é neste clube que se podem encontrar alguns do melhores exemplares do que é pertencer à "nata". Encontramos gente ligada à política, que basicamente a usam para o que o comum político português pretende; encontramos gente que é ou já foi portador de um cargo profissional que lhe deu o estatuto de ser o portador da verdade e do poder perante o povo; encontramos uma estirpe de empresários designada de lobbies (para quem não sabe, aqueles empresários que não se sabe onde termina a sua acitividade económica e onde começa o seu envolvimento na política); encontramos a religião Católica à mistura, como não pode faltar numa boa receita à portuguesa; e encontramos ainda muitos à procura de afirmação, não se sabe bem em quê, que o que sabem com toda a certeza é que querem pertencer, perante os olhos dos barquenses,  à "Nata". Não intrepretem mal o barqueiro: o Rotary club não é tudo isto, o que é tudo isto são membros do tal clube, que não quer dizer que sejam todos (apesar de serem, no final de contas, bastantes).

Fora deste clube existem muitos mais. Existem os lobbies clássicos, empresários que vêm (ou quase) desde os tempo da "velha senhora", que têm uma grande quota de responsabilidade da actual situação de fraco progresso do concelho de Ponte da Barca; Existem velhos detentores ou ex-detentores de cargos públicos, do tempo em que no Portugal recondito ser detentor de tal cargo implicava automaticamente, mais do que respeito, o medo do cidadão comum, qual práticas inquiritórias; Exite "malta" que almeja entrar directamente na "nata" pela maior porta, a da política (a má política, diga-se).

Fique-se por aqui, até porque já cansa...

É bom saber que ainda existem barquenses, como o exemplo de Pedro Costa, que reflectem sobre o caminho que a sociedade real segue.

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 01:15
link do post | botar farpas (=comentar) | ver comentários (3) | favorito

Domingo, 29 de Março de 2009
Marina Gomes: mais um ano, mais um "barqueiro"

Mais um ano, mais um “barqueiro”

 

Desta vez o destaque do Rotary Club ao melhor aluno do passado ano lectivo da Escola Secundária coube a Marina de Sousa Gomes. Este blog, e o barqueiro, prestam também aqui a sua homenagem a esta brilhante aluna, como uma forma de reconhecimento de mérito (19,3 valores). Todos os anos assistimos à saída de excelentes alunos do nosso concelho para Universidades, com brilhantes classificações, sendo uma esperança de um melhor futuro para Ponte da Barca, pois quem “faz as terras” são as pessoas. Uma prova de que o melhor também por cá se consegue fazer.

 

 

 

Marina frequenta actualmente o curso de Medicina na Universidade do Minho, pelo que se espera que dentro de alguns anos Ponte da Barca tenha mais um profissional de saúde, que tendo em conta o percurso feito até agora, será com certeza uma excelente profissional.

Parabéns e boa sorte para o futuro!

 

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 00:54
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

Quarta-feira, 11 de Junho de 2008
Um grande barqueiro: Carlos Lima

Um grande barqueiro: Carlos Lima

 

Foi homenageado pelo Rotary Club de Ponte da Barca mais uma figura natural do concelho, que este blog muito se orgulha de classificar como um grande "barqueiro". Trata-se do neurologista Carlos Lima, do Hospital Egas Moniz. Tem-se destacado na publicação de resultados de investigação na área da regeneração neuronal da espinal medula, que estão danificados em pessoas com paralisias como paraplegia ou tetraplegia. Juntamente com a sua equipa de investigação tem desenvolvido uma técnica que aposta na transplantação de células da mucosa olfactiva para as zonas medulares lesionadas.

Os seus trabalhos têm sido divulgados internacionalmente, pelos resultados positivos que tem conseguido na regeneração desses neurónios danificados.

 

 

 

Uma homenagem mais que justa, a alguém que, para além de ser da terra, contribui , através da sua dedicação ao trabalho, para que no futuro possa haver tratamentos eficazes para as pessoas afectadas por este tipo de paralisias. Com contributos destes, estão lançadas as raízes para grandes feitos na medicina.

 

 

 

 

 


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 00:33
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

Domingo, 30 de Março de 2008
Mais um “barqueiro”: Denis Gabriel

Mais um “barqueiro”: Denis Gabriel


Mais uma vez os Rotários de Ponte da Barca premiaram o melhor aluno do 12º ano da Escola Secundária. Para além de todas aquelas coisas que já neste blog foram ditas acerca deste clube e de algumas das suas pessoas, convém também ser possuidor de sinceridade e deixar aqui mais um elogio (e já vão alguns mais nestes últimos artigos do blog) aos Rotários, que todos os anos têm premiado o mérito e trabalho de jovens barquenses que se destacam com boas carreiras escolares, no momento em que passam para uma carreira académica. São eles a esperança de uma terra melhor, e os poucos símbolos de sucesso e prosperidade no concelho. Desta vez foi Denis Gabriel, que passa a ser mais um “barqueiro” para este blog, um exemplo. Encontra-se este ano a frequentar o curso de Medicina na Universidade de Lisboa, tendo concluído o ensino secundário com a melhor média: 18 valores.

Fica também deste blog o destaque e felicitação a este jovem exemplo barquense. Continuação de sucessos e de bom trabalho são também os desejos do barqueiro.




sinto-me:

talhado por o barqueiro às 18:29
link do post | botar farpas (=comentar) | ver comentários (1) | favorito

Sábado, 16 de Fevereiro de 2008
Marco do progresso nos Rotários (se fosse no Afeganistão ou em Portugal dos anos 60 e 70)

Marco do progresso nos Rotários (se fosse no Afeganistão ou em Portugal dos anos 60 e 70)


Os títulos de capa dos jornais locais têm noticiado que após de 27 anos de existência dos Rotários, são admitidos companheiros do sexo feminino. E disto se fizeram artigos noticiosos de um jornal. É de facto um grande acontecimento. É, na opinião do barqueiro, um grande passo na história dos Rotários, e sobretudo um sinal de progresso, revelando grande desafio às mentalidades “macho – dominadoras” predominantes… se fosse no Afeganistão ou em Portugal dos anos 60 e 70. Não se põe em causa aqui o papel importante dos Rotários, como clube ou associação de nível mundial. Apenas se pretende mostrar o porquê de toda a situação em que Ponte da Barca está mergulhada. O atraso é sobretudo consequência de barreiras que só são quebradas a longo-prazo, de forma muito “lentinha”. São as mentes barquenses, e outras como estas que são a principal causa da situação de Portugal na União Europeia.

Fica daqui o conselho para os Rotários e outras associações que executem os seus actos de modernização rapidamente, pois já estamos em 2008; se não, perdemos o comboio!


  


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 19:14
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2007
Assim terminou o ano em Ponte da Barca
Assim terminou o ano em Ponte da Barca

Os últimos dias do ano é uma altura em que nas pessoas reina o espírito natalício e a ternura de um ano passado. Deseja-se o melhor para o ano que vem, e isso ouve-se sempre dizer que é paz, saúde, amor e coisas que não fogem muito dessa linha. Vejamos então como vai o espírito dos barquenses que marcam durante todo o ano as páginas dos nossos 2 jornais concelhios.

Comecemos a "viagem" por mais algumas notícias novas que surgiram acerca do Orçamento Municipal para 2008. Após as últimas lançadas no "Notícias da Barca", e aqui comentadas em "Espírito Natalício Invade assembleia Municipal (http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/39968.html)", surgem agora entrevistas no "O Povo da Barca". Numa abrangente entrevista a figuras dos partidos concelhios, ficámos a saber que para Miguel Pontes (PS) tudo está bem neste orçamento (como não poderia estar!), mas da sua entrevista mais nada se pode tirar. Para Arnaldo Pereira (CDU), "não existem inovações relativamente aos anteriores", apresentando a transcrição do seu discurso em Assembleia com as áreas que deveriam ser prioritárias na política concelhia. Mas o melhor vem do PSD e do BE. Do PSD, Claudino Amorim, figura que despertou para a imprensa regional já muito no fim deste ano, diz que "São tantos os aspectos negativos que nos custa encontrar aspectos positivos", enumerando críticas atrás de críticas, sendo um orçamento "enganador". Ficou por responder a questão de "quais os aspectos positivos", e quanto a soluções e alternativas, zero. O BE, por David Sequeira, apresentou um texto organizado, onde apresenta as críticas, alternativas para esses aspectos negativos, e ainda não lhe custa apontar aspectos positivos do orçamento, que apesar de tudo, também terão que haver. Resultado: o BE, o partido "formiga", acaba o ano, pelo menos na imprensa, à frente do maior partido da oposição, o PSD, que deveria apresentar-se como verdadeira alternativa ao poder actual! Isso dá para rir, mas na verdade é algo preocupante, na medida em que transparece incompetência da oposição que pretende o "poleiro" actual do PS.



Dando uma vista de olhos, desta vez, pelas mensagens de Natal, encontrámos mensagens de Natal dos Presidentes de Junta em geral, uma aqui outra acolá, salpicando as páginas dos jornais da primeira à última página.

Quanto ao Rotary Club, continua a "saga" contra os distúrbios oftamológicos proporcionada pelo presidente e empresário do ramo das ópticas, Victor Dias.

Este ano termina também com uma das melhores análises que Arnaldo de Sousa já fez. Vem questionar-se, como qualquer barquense terá que fazer, se há alguma "linha de coerência" entre a decisão da Câmara Municipal de prescindir da aplicação de 800 mil euros no que seria o Parque Empresarial de S.João/ Salvador por falta de "vocação" da localização, e agora proceder à venda de lotes para a instalação de empresas no mesmo local.

Como já é costume, tivemos ainda as mensagens de Natal do Presidente de Câmara, Vassalo Abreu, do Presidente da Assembleia Municipal Paulo Pimenta e a mensagem conjunta dos vereadores da oposição Olinda Barbosa, António Rodrigues e Lino Freitas.

Tocando, como não poderia deixar de ser, no "clero" barquense, assistimos ao culminar de um ano cheio e envolvimento religião - política, com o Padre Júlio a aparecer no mesmo jornal em duas fotos junto com a "nata política" de Ponte da Barca.



Acabámos esta "maratona" de fim de ano com a boa notícia (ou não) de que na época Natalícia não houve gente, ou melhor, mortos, para se elaborarem as colunas de "Falecimentos" do concelho nos 2 jornais concelhios.

Boas entradas para todos!!!


sinto-me:

talhado por o barqueiro às 01:08
link do post | botar farpas (=comentar) | favorito

barqueiro
pesquisar
 
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


barcalhoadas recentes

A "Nata" Barquense

Marina Gomes: mais um ano...

Um grande barqueiro: Carl...

Mais um “barqueiro”: Deni...

Marco do progresso nos Ro...

Assim terminou o ano em P...

Mais um barqueiro: Hugo C...

todas as barcalhoadas já assistidas

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

Visitas
Vídeo do mês: Política para Totós
subscrever feeds